segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

MIRAGEM


Como se fosse miragem
vejo seu vulto me olhando,
sinto seu cheiro no ar,
ouço sua voz me chamar,
seu coração palpitando
no peito, que abraço apertado!
Seus olhos,cor de esmeraldas,
boca de lábios perfeitos,
pele macia e sedosa
com lindos pelos dourados,
me causam até arrepios
na nuca,
frisson no corpo suado,
desejo inflamando a carne...
sentidos todos alertas,
estou perdido e com medo
de estar em delírio louco,
sozinho em lugar deserto...
de ver somente em meu sonho
de sua imagem um pouco...
e você não estar por perto.
Quero te ver ao meu lado
dia e noite,sol e luar
para que eu possa deixar
aflorar o meu desejo
e sua boca afogar
num longo e gostoso beijo...
e meu amor sussurrar
em seu ouvido, e sentir
também sua pele doce
inteira se arrepiar!
você,todinha em meus braços,
para nunca mais perder
o prazer de sua presença
e sua ausência esquecer!                            


Selma Coqueiro poetisamadora                 01/12/2014


quinta-feira, 13 de novembro de 2014

TRANSITORIEDADE

Não,não chore... novos sonhos,esperança,novos rostos
e a alegria não vivida,
dos anos que estão por vir
vão mostrar que o coração pode driblar o sofrimento,
e que os olhos podem
as próprias lágrimas iludir!
Não,não sofra... embora viva a confusão de seus problemas
o tempo não vai parar,nem andar atrasado...
O dia de hoje,que parece tão longo e tão amargo
breve estará esquecido,no passado!
Sem que possa prever,o que foi terreno firme
se transforma em areia movediça...
Não,não desanime...vá em frente,
contorne o lamaçal,
amanhã pode estar novamente
no alto do seu pedestal!
Sempre há um caminho,um atalho
que leva á realização dos sonhos,
Não,não desista...não deixe o ideal morrer
se agarre a ele como ostra a pérola,
como uma colcha de retalhos
agarrados uns aos outros,
até formar uma coberta quente e bela,
para as noites do frio proteger!
Viva,viva hoje... como se amanhã não existisse,
pois,pensando bem,amanhã realmente não existe
amanhã é hoje novamente,
com problemas e alegrias diferentes!



Selma Coqueiro  poetisamadora             13/11/2014

segunda-feira, 3 de novembro de 2014

FELICIDADE

Nos campos onde brinquei
quando a infância vivia,
deixei meus sonhos crescerem
como a grama ali crescia.
O sol clareando tudo,
com seu calor e energia,
o vento soprando leve
e o cheiro de maresia!
Vivi a felicidade
que só a inocência traz...
sonhando ser feliz  um dia,
sem pensar nesse momento
que era feliz e nem sabia!
Depois o tempo passou,
a vida me levou em suas asas...
virei adulto e não pensei
que era ali a minha casa!
Quando percebi com tristeza
o que deixara pra trás,
Quis voltar,mas não podia...
Já era tarde demais!
Aprendi grande lição
que o viver nos dá de graça:
o que passou jamais volta,
sempre em frente é o que importa...
só o que fica são lembranças
que estarão sempre presentes.
De um passado que se foi,
só mesmo ficam marcados
aqueles a quem amamos,
por quem fomos apaixonados,
aqueles que nós deixamos
e aqueles que nos deixaram!

Selma Coqueiro                 poetisamadora 03/11/2014

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

SE EU SOUBESSE...

Ah! se eu soubesse
que tudo que tenho agora
quando a juventude me abraça,
se vai como nuvem branca
tocada pelo vento no céu
assim que o tempo passa
deixando um gosto de fel
onde antes existia
sabor de favos de mel...

Que a beleza se vai
assim como vão-se os dias,
que a noite não tem estrelas,
que a escuridão causa medo,
que a visão se transforma
do jeito de ver o mundo...
que é ilusão o amor eterno,
que é sonho sem dormir
sem saber o que há de vir!

Acordar já não é preciso
na hora de todo dia...
o tempo que era tão pouco
e tudo era correría,
agora não tem mais pressa
passa em lenta agonia...
procuro matar o tempo
fazer como fazem as aves
voando,ao findar o dia!

Se eu pudesse voltar
num momento de magia
ao passado tão distante,
com certeza eu ia fazer
de novo o que fiz um dia...
faria as mesmas escolhas
amaria as mesmas pessoas,
seria como sou agora
e como fui algum dia,
E nunca,nunca mudaria!

Selma Coqueiro                       29/09/2014

segunda-feira, 8 de setembro de 2014

EU AMO VOCÊ ...

Eu amo você...
Quantas vezes me disseste assim,
Quantas vezes também repeti
eu amo você...
mas o tempo passou,
a magia acabou,
o amor alçou voo...
deixei de amar você,
você deixou de me amar...
assim como o tempo
o amor foi pra longe
e não conseguimos
agarrar com mão firme
aquilo que tínhamos
o amor infinito, finito ficou...
se transformou em cinzas,
e o vento levou!
Levou pra bem longe
de você e de mim,
ficamos sem rumo,
sem tino,sem prumo...
sem saber pra onde ir...
e na solidão
que o espaço ocupou
ficou só saudade
que o tempo deixou...
quem sabe,algum dia
nas curvas da vida,
o vento sopre a favor
de você e de mim,
e vamos de novo
reviver essa fase
de tanto dizer
sem nunca cansar...
e ouvir repetir
eu amo você,
eu amo você,
como um eco em caverna
tornar a dizer
eu amo você!

sscoqueiro                                        08/09/2014

terça-feira, 12 de agosto de 2014

DESISTO

Eu desisto.Cansei de ser escravo...
Não existe amor de sua parte,
Não existe amor nos seus olhos,
nos seus gestos,nos seus atos...
Não me tens aconchego,nem carinho,
não tens ardor mesmo nos beijos,
Só meu corpo é o seu eterno desejo!

Eu persisto.Sigo a procura de alguém
que me dê o que me negas,
que me ame como eu amo,
que a mim inteiro se entregue,
totalmente, sem reservas!
Sem temor nem preconceito,
com meus erros e acertos.

Eu desisto...De tentar compreender
seu jeito estranho de amar,
Amar sem se doar não é amar,
é paixão desvairada,logo acaba...
Tão logo a fome é saciada,
fome de sexo,só sexo,mais nada!
Mais nada...

Eu persisto...Sei que ainda vou achar
o amor sublime que permeia a alma,
que enche por inteiro o coração,
e transborda pelos olhos,que se espalha ao meu redor
contagiando o mundo inteiro,
e a todos transportando ao infinito
por um sentimento tão profundo,tão bonito!

O amor amado com a alma,
é alimento,sentimento e devoção,
compreensão,carinho, é ternura,
companheirismo,afeto,coração.
É estar sempre perto,mesmo longe...
e ser regado toda hora,todo dia
com gotas inebriantes do vinho da paixão!                                              


Selma Coqueiro,poetisamadora                                               12/08/2014

quinta-feira, 15 de maio de 2014

LOUCURAS

As vezes não sei o que escrevo
nas folhas do meu caderno,
mas todas elas traduzem
meus tormentos,meu inferno!

Meu interior é trancado,
sem chaves que o possam abrir...
vivo atolado no medo,
na angústia do porvir!

Os sonhos que tenho a noite
quando consigo dormir,
são pesadelos torturantes... 
Já desperto a me afligir!

Como será ser feliz?
fico a me perguntar...
e não achando respostas
sigo comigo a cismar.

Se a vida é tão passageira,
por que viver é preciso?
pra que buscar o que não tenho,
se já tenho o que preciso?

Dizem que sou meio louco,
que vivo a esmo,sem rumo...
mas só eu sei dos meus males,
do desalento que sinto, em derrubar os meus muros!

São barreiras erigidas
há muito tempo passado...
é preciso muita força
pra caminhar passo a passo,

Até alcançar as profundezas
do inconsciente adormecido,
e curar cicatrizes,mesmo mortas,
porém,jamais esquecidas! 

O louco não tem sentido,
não tem nexo nem razão,
vive somente por viver
não leva em conta o coração...

Os muros que me cerceiam
podem ser imaginários.
Mas,tudo o que eles escondem,
está escrito em meu diário!

Gravados a ferro e fogo
na alma,nessa loucura
que me arrebata e me leva
pras garras da desventura,

No turbilhão dos pensamentos,
embaçados da visão
desgraçados dos sentidos                                        
do meu louco coração!

Selma Coqueiro                 15/05/2014


sexta-feira, 2 de maio de 2014

VIAGEM

Voei pra longe de mim...
em  busca do tempo perdido,
do amor mal resolvido,
da vida que tive contigo
que tanto mal me causou...
Da dor sofrida em silêncio,
da mágoa mal disfarçada
que tanto me embaraçou!
Do desprezo que me deste,
das noites tão maldormidas...
quando estava ao teu lado,
como se estivesse só!
Perdido no mar distante,
sufocado em ânsia amarga
de tanto te procurar...
e tu,como se não escutasse
o que eu dizia em silêncio
com meus olhos nos teus olhos...
suspirando em teus ouvidos,
afagando teu pescoço,
no mais completo alvoroço...
e tu não correspondias!
na mais pura mansidão,                                                
no  mais total abandono,
virava as costas e dormias!
Como se  não existissem
braços vazios ao teu lado,
em inteira devoção
consumido de paixão,
implorando ser amado,
implorando teu desejo,
tua boca e teus beijos,
tua alma e coração!

Selma Coqueiro            02/05/2014

domingo, 30 de março de 2014

MENTIRAS

Não penses que a mentira me consola...
parte em silêncio,será bem melhor.
Se tudo terminou a tua esmola
o meu sofrimento fará maior!

Não te condeno nem te recrimino,
tinha que ser,tudo passou,morreu
não posso contrariar o meu destino,
nem tu podes contrariar o teu.

Sofro,que importa? mas não te censuro,
o inevitável quando chega é assim...
se nosso amor não devia ter futuro,
foi bem melhor precipitar o seu fim!

Estranho é que a emoção quando se acaba,
chega inútil consolo ao triste fim...
Quando penso que ainda ontem,quem sabe?
tenhas sentido algum amor por mim!

Não procures mentir,compreendo tudo...
tudo por si justificado está,
não tens culpa se te amo,se me iludo
se a vida para mim é que foi má.

Parte,e que nunca alguém sofrer te faça
o que sofri com  meu imenso amor...
pensa que tudo passa,tudo morre,
que hei de esquecer-te seja como for.

Pensa que tudo foi uma tolice,
só mais tarde,bem sei,compreenderás
as palavras de dor que não te disse
e outras de amor,que não direi jamais!                  






Selma Coqueiro                       30/03/2014.

sábado, 1 de março de 2014

O TEMPO

Cada dia que passa
leva um pouco de mim!
Leva não sei pra onde...
um levar que não tem fim!
Quando eu era muito jovem
nem percebia que o tempo
passava tão de repente...
e sempre seguindo em frente
levava a cada dia
muito da minha esperança,
muito de minha alegria!
Agora que amadureci
e os sonhos realizei,
foi então que percebi
que o tempo passou e eu não vi...
tão ocupada estava
buscando o que não perdi,
que acabei perdendo mesmo
o tempo que não vivi...
correndo atrás do que queria
sem ter tempo de viver!
deixei pra trás as conquistas,
as coisas que consegui,
chorando as mágoas sofridas
por tudo que eu mesma deixei
pelas mãos escapulir...
De todos os bens que temos
o tempo é o mais precioso!
por isso mesmo é preciso
usá-lo com precaução,
cuidar com muito carinho
não levar a vida em vão,
pois ,quando um dia acordamos,
sem prestar muita atenção,
notamos quanta mudança
que o tempo e suas andanças
nos fez inúmeros insultos...
nos transformou em adultos!
não somos mais como ontem,
não somos mais jovens, então
estamos ficando velhos,
já somos quase anciãos!


Selma Coqueiro poetisamadora                      01/03/2014







sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

NUVENS DE CHUVA

Quando o céu se veste de luto,
e nuvens negras escondem o sol,
as flores,os bichos, os lagos,florestas
se enchem de risos,se enchem de festa,
a natureza se manifesta!
Os pássaros trinam,zumbem abelhas,
zumbidos felizes...
pois sabem que as lágrimas que caem das nuvens
em breve virá cair sobre a terra,
em lindas de gotas de chuva!
Chuva bendita,chuva abençoada,
chuva por todos tão esperada!
Chuva que enche os rios,
rios que enchem açudes,
açudes que irrigam jardins,
que molham lavouras,produz o sustento,
que faz a fartura de mantimentos...
fartura de água!
de água da chuva...que lava sujeiras,
que enche torneiras,
que mata a sede,a fome,a tristeza...
que traz alimento, alivia tormentos,
que molham os olhos
ardentes,queimando,
ardor sufocando,                                                            
tão secos do choro,de tanto  esperar...
de tanto rezar,
voltados pro céu
rogando a Deus
que caia na terra
o pranto das nuvens
em forma de chuva
pra sede matar!

Selma Coqueiro                                       poetisamadora
                                                                           14/02/2014


quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

PAIXÃO E AMOR

A paixão é uma chama
que arde e consome nossa vida
por um tempo que a intensidade determina,
e depois,simplesmente,termina...

O que é o amor?
Amor não se define...
O amor se vive, o amor se dá,
O amor se multiplica, se divide...

O amor é o sol que aquece e ilumina para sempre,
como uma tela pintada a mão
ricamente bordada pela imaginação
do sentimento a brotar no coração!

Na falta desse amor,um vazio se cria...
fica algo estranho apertando a gente...                                           
e mesmo na saudade está presente,
fincado no coração, eternamente!

A saudade é consequencia do amor ausente
dizendo pra onde nossa alma quer voltar...
pois quando se ama verdadeiramente,
mesmo estando longe,o coração cisma em ficar!
                                                                                          
                                                                                                  


Selma Coqueiro                 05/02/2014

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

PRIMAVERA

Há uma primavera em cada vida:
É preciso cantá-la assim,florida
cheia de som,de sol,de luz,
de belas cores, como os amores!
pois se Deus nos deu voz,foi pra cantar,
pra iluminar os tons,a meia voz,
cantemos alegres,todos nós!
E quando um dia formos pó,cinzas e mais nada
façamos da noite uma alvorada
cantemos juntos até o amanhecer
pois talvez possamos nos perder...
para depois reencontrarmos
nesta ou n'outra vida,
se possível for...
sempre a entoar lindas canções de amor...
e a primavera eternamente vai estar
a perfumar todo jardim em flor!
enquanto houver um sopro de vida neste mundo,
enquanto houver uma réstia do sol
que ilumina o amor!                                                                    




Selma Coqueiro poetisamadora                03/02/2014

domingo, 2 de fevereiro de 2014

ONTEM


Selma Coqueiro poetisamadora          02/02/2014

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

LIVRO ABERTO

Tal como um livro aberto
com as páginas ao sabor do vento,
são os dias de ócio e desperdício
do tempo passado sobre a terra
sem fazer aquilo que sonhar,
por medo de tentar e fracassar
pois só se erra,se realmente não tentar
fazer, mesmo sem pensar no que virá,
se por acaso,errar...
Para entender a vida
como se apresenta no momento,
é preciso se atirar de alma e corpo,
fazer da vontade uma arma,
fazer da coragem seu escopo!
Tal como o livro aberto,ou fechado!
é você que escolhe seu destino,
sua glória ou seu tormento...
Abre o livro e lê seu conteúdo,
ou deixa-o de lado,aberto ao sabor do vento!
Se fechado,nada nos sabe ensinar,
se aberto,o vento pode as páginas espalhar
arrancar da capa as folhas soltas,
e levá-las pra longe de onde está!
Leia tudo com os olhos da mente,
e saberá cada linha,cada estrofe,
cada conselho sábio e sempre útil
e então escolherá o seu caminho
baseado no conhecimento
que o livro,ou a vida,
como seu prêmio ou seu castigo ,
tristeza ou mesmo dor,
alegria ou tormento                              
seja lá o que for,
lhe deu  como ensinamento!
Se nas páginas que o vento levou
foi algum saber imprescindível
para se viver dignamente,
com honra e discernimento,
não se deixe abater...
saia por aí a procurar                          
encontre outro exemplar,
completo,sem folhas a faltar...
leia-o com os olhos do coração
e verá que tudo o que se aprende
tem seu motivo e sua razão
para saber aproveitar a vida,
e não viver simplesmente,sem saída,
como se a vida fosse uma prisão!

Selma Coqueiro      poetisamadora               22/01/14

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

CANÇÃO DE AMOR

Não se acanhe de dizer
"Amo você"!
Diga a todos que ama
o quanto os ama,
todos os dias,nunca canse de dizer,
todas as noites,"amo você"
reafirme seu amor enquanto pode...
nunca se sabe até onde vai poder!
Demonstre-o em pequenos gestos,
em carinhos e afagos
em massagens em seus egos...
faça-os felizes assim,
a felicidade que irá sentir,
com certeza,
será muito maior
que a felicidade que distribuir!
Essas simples palavrinhas
detêm imenso poder!
poder de sanar feridas
que jamais foram esquecidas...
poder de aquecer um coração
gelado pela indiferença
de quem não tem coração!
Diga eu te amo natureza,
que contem tanta beleza!
"Eu te amo" Deus!
que nos deu a natureza de presente,
que nos fez gente...
gente que ama,sofre,chora e se recupera,
gente que ri,ama e também sabe odiar,
que espera voltar a primavera,
que conhece quando a chuva vai chegar,
que dorme e desperta todo dia
cheia de esperança e de alegria!
E se a tristeza lhe afligir
sabe como a destruir!
Diga eu te amo sol,te amo céu,
te amo lua,nuvens que esvoaçam
enfeitando o firmamento como véu...
te amo flores,árvores,universo
animais,borboletas,passarinhos...
todo ser vivente sobre a terra,
pois quem ama nunca erra
em dar o seu amor,
seja pra quem for!
Diga "eu te amo" a tudo
que encontrar em seu caminho,
mesmo se tiver que andar sozinho!




sscoqueiro  15/01/14

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

FOLHAS AO VENTO

Sou como folha soltas
vagando em ondas revoltas,
vou pra onde elas me levam...
sempre acabo chegando ao destino
que o vento traçou pra mim.
Hoje aqui,amanhã quem sabe?
talvez numa praia deserta,
ou no fundo do oceano
afogada em meio ao abismo
profundo,indecifrável...
será só isto o que me resta?
E os sonhos que acalentei
quando ainda presa ao galho
da árvore que me criou,
do sol que me iluminou?
da chuva que me irrigou
e da terra que me alimentou?
Até poder entender
que a vida não é apenas sonhos,
que de sonhos não se vive,
que de sonhos não se morre...
Sonhos só acalentam a vida,
sonhos iludem a sorte,
Viver sem sonhar é triste,
viver de sonhar é morte!
Enquanto as folhas continuam
sempre levadas pelo ar,
ou são enterradas vivas
nas profundezas do mar
ou planam na imensidão
pra onde o vento as levar!
sscoqueiro      14/01/14

sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

PALAVRAS

Folhas escritas com sangue,
de um coração machucado...
as frases ditadas pela emoção,
pelo vento carregadas
e pelo céu espalhadas,
vão levando alegria,
tristeza ou melancolia...
depende de quem as colhe
num momento de euforia
ou de tristeza profunda,
daquelas que o peito esmaga,
que apaga o brilho do mundo...
os olhos plenos de água
lhe embaça,turva a visão...
não pode ler o escrito
de coração pra coração!
São as trapaças da sorte
que o destino deu a cada um...
Há os que amam sem sofrer,
e os que sofrem por amor,
mas,no fundo,cada ser
ou sofre e nada tem a dizer,
ou diz que vive pra sofrer!
Cada um vê o que quer
naquilo que está escrito...
as vezes palavras duras
tem sentido tão bonito!
enquanto palavras ternas
nos arremetem ao inferno!











sscoqueiro       03/01/2014

Postagens populares