sexta-feira, 29 de novembro de 2013

CREPÚSCULO


O vento que vem do mar
esfria meu corpo inteiro...
Passeio só,pela praia,
contemplando o sol se pôr
numa nuance de cores
que faz a vista encantar,
até a luz mortiça do ocaso
finalmente se apagar!

Na escuridão que aparece
e toma conta do céu
uma a uma vão surgido,
pontinhos de luz de prata
no firmamento a brilhar,
são as estrelas,tão lindas!
que vem a noite aclarar.

Fico pasma a admirá-las...
tão belas e tão distantes!
me sinto tão pequenina...
como uma gota no oceano!
Perdida a devanear,ao enxergar tanta luz,
que só em noites mais densas se pode avaliar,
esqueço a vida lá fora,
nem sinto o tempo passar!

Olho pro céu,olho pro mar...
e não sei qual é o mais belo!
O céu cheio de luz clareia o mar,
o mar na escuridão reflete o céu!
e eu embevecida a contemplar
não sei quem sou...
pra onde vou,
sozinha ao léu!

As ondas lambem os pés descalços
na fina areia a caminhar,
não sei se fico com as estrelas no infinito,
ou se mergulho nas águas turbulentas
do mar que está a me esperar ...
até que amanhece um novo dia
e o sol com sua luz volta a brilhar!
tornando o mundo ainda mais bonito!

Então eu vejo que não estou sozinha,
como sempre imaginava estar...
pois, a me fazer companhia,
nas ondas em meus pés a deslizar,
eu vejo pousada sobre a areia
envolta em sua capa a dormitar
talvez sonhando como eu,um belo sonho...
Uma linda estrela do mar!




 Selma Coqueiro        29/11/2013
 poetisamadora

terça-feira, 26 de novembro de 2013

ADEUS

Os dias e as horas passam...
a se arrastar lentamente!
Sigo na estrada da vida
Correndo tão loucamente
como se fosse atrás do ar
pra conseguir respirar...
Só com você tenho vida,
alegria,felicidade...
não tenho outro sentimento
a não ser sua saudade!
A tardinha na praia,a vagar sem sentido
ouço o sussurrar da brisa
gritar seu nome ao meu ouvido...
fico a olhar as andorinhas
pairando no firmamento,
na dança louca do vento,
e só me vem a lembrança
aqueles nossos momentos!
de paixão,êxtase,arrebatamento...
Quando me jurou amor eterno,
acreditei piamente...
e o que foi que me fizeste?
depois de tanto sofrer,
atiraste-me ao inferno!
Partiu sem dizer adeus,
nem sequer se despediu...
como se fosse voltar
e simplesmente ... sumiu!
como as águas correntes dum rio
que passam e não voltam mais,
assim também tu correste
e não voltaste, jamais!

Selma Coqueiro    
poetisamadora      26/11/2013

domingo, 24 de novembro de 2013

MEU ANJO

Como nuvem passageira e fugaz
sigo seus passos,aonde quer que vás...
Estou sempre a lhe acompanhar,
e não tens como impedir!
O meu amor é tão grande,
que desconhece limites...
até chegar a seus braços,
seu coração e seus lábios
me transformei numa sombra
dia e noite ao seu lado.
Sei que o amor tudo vence,
tudo crê,tudo suporta,
por isso espero um dia
vê-lo bater a minha porta
e finalmente dizer:
Perdoa meu descaso,meu orgulho e indiferença,
mesmo fingindo não vê-la,sentia sua presença,
e agradecia a Deus pela a sua persistência...
até criar a coragem
para enfim  vir lhe dizer:
Vem comigo meu amor,
a vida nos espera a sorrir...
Seu amor me despertou da ingratidão
que tanto feriu seu coração!
mesmo sem saber eu notava
que o amor já estava aqui,
só eu não queria ver...
finalmente acordei,ao dar-me conta de que
ficaria perdido se um dia
eu ficasse sem você!
Acostumei com a sombra amiga
a me acompanhar
noite e dia
Você se tornou meu anjo,minha estrela,minha guia!



poetisamadora          24/11/2013




Postagens populares