sexta-feira, 14 de fevereiro de 2014

NUVENS DE CHUVA

Quando o céu se veste de luto,
e nuvens negras escondem o sol,
as flores,os bichos, os lagos,florestas
se enchem de risos,se enchem de festa,
a natureza se manifesta!
Os pássaros trinam,zumbem abelhas,
zumbidos felizes...
pois sabem que as lágrimas que caem das nuvens
em breve virá cair sobre a terra,
em lindas de gotas de chuva!
Chuva bendita,chuva abençoada,
chuva por todos tão esperada!
Chuva que enche os rios,
rios que enchem açudes,
açudes que irrigam jardins,
que molham lavouras,produz o sustento,
que faz a fartura de mantimentos...
fartura de água!
de água da chuva...que lava sujeiras,
que enche torneiras,
que mata a sede,a fome,a tristeza...
que traz alimento, alivia tormentos,
que molham os olhos
ardentes,queimando,
ardor sufocando,                                                            
tão secos do choro,de tanto  esperar...
de tanto rezar,
voltados pro céu
rogando a Deus
que caia na terra
o pranto das nuvens
em forma de chuva
pra sede matar!

Selma Coqueiro                                       poetisamadora
                                                                           14/02/2014


quarta-feira, 5 de fevereiro de 2014

PAIXÃO E AMOR

A paixão é uma chama
que arde e consome nossa vida
por um tempo que a intensidade determina,
e depois,simplesmente,termina...

O que é o amor?
Amor não se define...
O amor se vive, o amor se dá,
O amor se multiplica, se divide...

O amor é o sol que aquece e ilumina para sempre,
como uma tela pintada a mão
ricamente bordada pela imaginação
do sentimento a brotar no coração!

Na falta desse amor,um vazio se cria...
fica algo estranho apertando a gente...                                           
e mesmo na saudade está presente,
fincado no coração, eternamente!

A saudade é consequencia do amor ausente
dizendo pra onde nossa alma quer voltar...
pois quando se ama verdadeiramente,
mesmo estando longe,o coração cisma em ficar!
                                                                                          
                                                                                                  


Selma Coqueiro                 05/02/2014

segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

PRIMAVERA

Há uma primavera em cada vida:
É preciso cantá-la assim,florida
cheia de som,de sol,de luz,
de belas cores, como os amores!
pois se Deus nos deu voz,foi pra cantar,
pra iluminar os tons,a meia voz,
cantemos alegres,todos nós!
E quando um dia formos pó,cinzas e mais nada
façamos da noite uma alvorada
cantemos juntos até o amanhecer
pois talvez possamos nos perder...
para depois reencontrarmos
nesta ou n'outra vida,
se possível for...
sempre a entoar lindas canções de amor...
e a primavera eternamente vai estar
a perfumar todo jardim em flor!
enquanto houver um sopro de vida neste mundo,
enquanto houver uma réstia do sol
que ilumina o amor!                                                                    




Selma Coqueiro poetisamadora                03/02/2014

domingo, 2 de fevereiro de 2014

ONTEM


Selma Coqueiro poetisamadora          02/02/2014

Postagens populares