quinta-feira, 25 de julho de 2013

OLHAR ESTRELAS

Tal como estrela cadente
que corta os céus noite a dentro,
eu fito o azul do infinito
sozinho com meu tormento!

Onde estás que não me ouves?
por que partiu sem me dizer?
Bem sabes que não consigo
nem respirar sem te ver?

Milhões de estrelas me escutam
gritar seu nome ao vento...
vagando a esmo,sem rumo,
carregando meu lamento!

Perdi a conta do tempo
que passo fitando o céu...
esperando que uma estrela
me diga onde se escondeu...

Os dias,passo cantando,
as noites,choro escutando
o vento varrendo a praia,
e eu,teu nome chamando...

Até que um dia tu voltes
fico sempre a esperar...
Mas,enquanto tu não chegas,
só me resta olhar o céu e ouvir o mar!



sscoqueiro     25/07/2013
poetisamadora










Nenhum comentário:

Postagens populares