sábado, 20 de julho de 2013

FOLHAS AO VENTO

Quando aquele vento forte
que sopra vindo do norte,
vai levando as folhas mortas
caídas das árvores tortas,
que outrora foram tão verdes...
agora já desbotadas,
desgastadas pelo tempo,
pelo sol e pelo vento,
correndo, varrendo o chão,
formando redemoinhos,
levando em seus caminhos
os sonhos de primavera
aquela doce quimera,
que embalou nosso verão...
É tempo de recolher
ao nosso bom aconchego
e esperar hibernado
que o inverno não se prolongue,
que a espera não seja longa,
e logo traga de volta
a primavera,e,quem sabe?
a nossa doce quimera
que se mandou quando viu
chegar outra vez o inverno...
fugiu com medo do frio!
O sol voltando a aquecer
a natureza tão bela!...
as aves deixando o ninho,
e eu,como um passarinho,
voar para a liberdade,
correr abraçando a vida
que logo estará florida
transbordando de alegria
feliz como nunca antes,
ao raiar de um novo dia!
O vai e vem das estações
me marcam as emoções
de morrer e renascer...
Renascer cheio de paz,
de esperança,de amor,
e de gratidão a Deus,
nosso Supremo Criador!
Deixar sepulto o passado,
começar sem preconceito
fazer o que for direito,
corrigir os erros feitos
e evitar tenazmente,
repeti-los novamente!

sscoqueiro/poetisamadora   20/07/2013

Nenhum comentário:

Postagens populares