quarta-feira, 29 de maio de 2013

PESCADOR

Quando surge a madrugada
o pescador vai embora...
faça chuva ou faça sol,
se aventurar mar a fora.

Precisa buscar  sustento
pros filhos que são pequenos...
que estão famintos e espera
que ele traga alimento!

E o mar,as vezes tão farto,
as vezes é tão inclemente...
deixando o pobre coitado
triste e necessitado!

Sabe que em casa é esperado,
por muitas bocas famintas...
e o tão sonhado pescado
vira um sonho fracassado!

A tarde chega tristonha,
já é hora de voltar...
Mas,desistir nunca,
amanhã outro dia virá!

E assim vai levando a vida...
dias de sorte,outros de azar,
mas com a esperança dos fortes,
amanhã há de voltar!

E se for do seu destino,
a rede virá pesada,
de toda espécie de peixes
pra alegrar a filharada!

Matar a fome de todos,
dormir de barriga cheia,
e renovada a energia
recomeçar novo dia!

sscoqueiro                       29/05/2013      Poetisamadora

Nenhum comentário:

Postagens populares