terça-feira, 9 de novembro de 2010

PÉROLAS

Pérolas são como lágrimas
que brilham nos olhos!
Derramam na face
que deixam no rosto sulcos
profundos...
que descem no queixo,
que molham o pescoço...
Tristeza do mundo...
Lavam a alma dorida,sentida,
sofrida,por algo ou alguém que lhe fez um disfarce!
Que machucou,que feriu,ou lhe deu um desgosto,daqueles tão grandes que não deixam cicatrizar a ferida!
Que corrói a alma,lhe tira a alegria
e faz ver a vida como um reflexo,sem nexo
sem brilho,sem jaça,
prediz a desgraça
que sempre acompanha
quem chora e lamenta
aquilo que passa!                                  

                                                         sscoqueiro                      09/11/2010

2 comentários:

sscoqueiro disse...

Hoje estou num dia de fossa.Este poema foi inspirado nas lágrimas que derramei.Ainda bem que "Amanhã" é outro dia.

sscoqueiro

Ta li ta .. táa ♪ disse...

Por isso também que as coisas passam. Imagina se não passassem... Mas imagina também se a gente não tivesse escolha, do tipo, escolher se vamos ficar tristes ou se vamos olhar pra frente e seguir por aí? :)

ê vida brilhante, triste, intrigante, feliz, fantástica e apaixonante :)

Postagens populares