quarta-feira, 18 de julho de 2012

O TEMPO

Vejo o tempo que passa veloz
nas ondas do vai-e-vem...
e eu,plantada no horizonte,
onde o sol se esconde a noite,
e a lua desponta acesa
trazendo brilho ás estrelas,
para clarear o céu,
enquanto a escuridão
domina a imensidão!


Fico a pensar comigo mesma...
"como a noite é passageira",
por que passar tão depressa?
pra que tanta ligeireza?


Com o raiar de um novo dia,
o sol ressurge a brilhar,
ofuscando a luz da lua
e o brilho das estrelas,
que logo vão se apagar...


E o sol reina soberano
sobre toda a natureza...
e plantada no horizonte,fico cismando...
sozinha a observar,
o dia suceder a noite infinitamente...
e eu,árvore solitária,
ficando no horizonte,eternamente!


 sscoqueiro                      18/07/12

Nenhum comentário:

Postagens populares