quarta-feira, 9 de novembro de 2011

UM BARQUINHO DE PAPEL

Quero sentir as alegrias da vida
com alguém que eu ame e que me ame também,
olhar o mar e o horizonte... ver o sol se por...
seguir remando num barquinho de papel,
rumo ao desconhecido, sem saber onde chegar...
sem ter que pensar em mais ninguém...

Sentir saudades sem chorar,
ficar alegre sem motivo algum,
desde que esteja sempre ao meu lado
não terei medo de nada,enfrentarei o que vier,
tudo isto farei de bom grado
se ao meu lado estiver!

O mar, tão grande! será nossa casa,
o barquinho nossa alcova,
o sol a nos aquecer dia a fora,
a lua a nos iluminar noite a dentro...
e nosso amor florescendo
a cada dia que passa...
vivendo um sonho impossível
em alto mar, num barquinho de papel
como se os dois estivessem
a viver em pleno céu!

sscoqueiro                                          09.11.11



Nenhum comentário:

Postagens populares