domingo, 2 de outubro de 2011

ANOITECER

Contemplando o céu noturno em total escuridão,
vejo milhares de pontos a cintilar,fazendo esteira de luzes
a brilhar na imensidão...são as estrelas luzentes,
lanternas do infinito,orientando os perdidos
na vastidão dos sentidos a lhes mostrar o caminho
que leva ao coração!

Surge uma estrela cadente,
que a flamejar corta os céus... vem em minha direção
qual meteoro em brasa com seu calor dardejante,
deixando cicatrizes profundas em meu pobre coração!

É o amor que esperava,é a redenção final!
trazendo doces momentos,prazeres que nunca senti!
deixando marcas que jamais hei de esquecer,
enquanto vida tiver,hei de lembrar-me de te!

Mas o tempo é inclemente,nada perdoa,tudo cobra...
e um dia essa chama ardente infelizmente se apaga...
e tudo o que dela sobra
é uma dor sem tamanho,que aniquila,destrói, arrasa...
transformando o amor em cinzas,quando antes era brasa..
consumida pelas lágrimas,afogo meu sofrimento
a contemplar o firmamento!.!
 sscoqueiro                         02.10.11



Nenhum comentário:

Postagens populares