quinta-feira, 21 de abril de 2011

POR DO SOL

Sentado ao lado da janela
embaçada pelo tempo que passou,e deslumbrado com tanta beleza
contemplo o sol se por... 

P'ra onde foi a vida que vivi,
cheia de risos e promessas mil,
o  útero da terra se abriu e
sem que eu percebesse,
vorazmente a engoliu...

Agora já cansado e triste,
contemplo as aves que voando aos pares
voltam aos ninhos,procurando abrigo,
felizes,retornando aos lares!

Se escondem da noite com seu manto escuro,
que a tudo encobre como por magia,
e,aconchegadas em lugar seguro,
esperam o sol surgir no outro dia...

Assim como elas,estou esperando
depois da noite inquieta e insone,
que o sol ressurja n'um clarão dourado
levando embora o que me atormenta
as sombrias formas do cruel passado!

Que o novo dia me rejuvenesça,
traga de volta o que me levou
que o seu calor a minh'alma aqueça
que a felicidade nunca mais me esqueça...
traga de volta só momentos bons!

sscoqueiro     21.04.11

Um comentário:

Talita disse...

Uau, o design está lindo !

- sentar e esperar que o sol apareça, pode ser que isso não aconteça.
mais vale correr em sua direção e fazer-se de sol assim, então...

Postagens populares